QUARTA DA MÍDIA JOVEM – LORAN SANTOS

Loran foi jovem educando da CIPÓ aos 16 anos, quando já havia se apaixonado pela literatura e pela poesia na biblioteca comunitária do seu bairro. Ele nos conta sua trajetória como jovem mobilizador da Rede Sou de Atitude, projeto da CIPÓ, e as ações sociais que atualmente realiza.

Loran Santos – Comunicólogo, Comunicador Social, Produtor Cultural.

As letras chegaram cedo na vida de Loran, em forma de literatura e poesia, pelos livros que lia e cuidava, na Biblioteca Comunitária Prometeu Itinerante, no bairro da Boca do Rio, onde nasceu e vive. Além de um assíduo leitor, atuava como monitor e mediador de leitura e já participava de ações e movimentos culturais do bairro. Na biblioteca, um cartaz anunciava um curso na CIPÓ. Se vestiu como se fosse para uma entrevista de emprego e passou por uma seleção com mais de 50 jovens: “Acho que fui selecionado por alguma gracinha que fiz”. Na CIPÓ integrou o Projeto Rede Sou de Atitude, de monitoramento de políticas públicas. Virou jovem educador e passou a formar outros jovens viajando para diversas regiões do Brasil. Se envolveu com movimentos, fóruns e redes pelo país e foi Conselheiro de Juventude do Cejuve-BA. “Eram coisas que eu já fazia na biblioteca, mas não tinha a dimensão conceitual. A CIPÓ me abriu os olhos para a ação dos movimentos sociais e possibilitou que eu pudesse fazer e pensar sobre a política ao mesmo tempo”. Atuou em movimentos ambientais no bairro e na CIPÓ escrevia textos sobre o assunto. A militância ambiental o levou a trabalhar no Gambá – Grupo Ambientalista da Bahia, como assessor de comunicação. A militância social e cultural o levou ao Curso de Comunicação com habilitação em Produção Cultural da UFBA. Já profissional, trabalhou na Visão Mundial, como coordenador do projeto da sociedade civil. Foi convidado e aceitou o desafio de, pela primeira vez, atuar no mundo empresarial, onde está atualmente e já desenvolveu diversas ações sociais. “Considero que muito do que fiz foram experiências do que vivi no meu bairro e na CIPÓ através dos projetos e relacionamentos com a comunidade”. Trabalhou na área de Responsabilidade Social da Concessionária Bahia Norte S/A – Invepar / Odebrecht Transport, fomentando projetos com arte, graffiti e inclusão digital. Atualmente assume a Comunicação e Sustentabilidade na Concessionária CLN. “Trago muito do que a CIPÓ representou na minha vida. Buscando alguma equidade nesse mundo desigual e a crença na capacitação de transformação da minha vida e na vida das pessoas”. Por onde passa, Loran vai levando a militância e a palavra, com arte, cultura, poesia e graça.

Foto Loran Foto oficiosa no novo trabalho_CLN_maio.2017

Biblioteca Prometeu Bloco Boca de Brasa da Biblioteca Betty Coelho - poesia e literatura no carnaval

CBN - Vídeo sobre o Projeto Cine Brasil na estrada Integrantres do Projeto Recriando Arte

Projeto Arte e Graffiti Bahia Norte - idealizado por Loran Santos 4 Projeto Arte e Graffiti Bahia Norte - idealizado por Loran Santos

Mostra de fotografia_Menino Jesus_Candeias_BA_Projeto Redemej_fruto_do_Projeto Caia na Rede_implantado no_2local_maio.2017Projeto Caia na Rede - inclusãop digital

Mediando a capacitação de lideranças do Sistema BA 093_Bahia Norte_Jan.2017 Mostra de fotografia_Menino Jesus_Candeias_BA_Projeto Redemej_fruto_do_Projeto Caia na Rede_implantado no local_maio.2017

Loran Santos