QUARTA DA MÍDIA JOVEM – MONIQUE EVELLE

Comunicadora, Empreendedora, Influenciadora Digital, ela quer dominar o mundo, como define: ocupar, criar e conectar pessoas. Mas não quer fazer isso sozinha e convoca outras e outros pra fazerem juntxs. Essa é Monique Evelle e ela dispensa apresentações. Com 22 anos, coleciona prêmios e participações em grandes eventos e já foi eleita, pelo site Blogueiras Negras, uma das 25 mulheres mais influentes da internet no Brasil.

Bem antes disso, Monique foi jovem educanda da Kabum – Escola de Arte e Tecnologia, projeto desenvolvido pela CIPÓ, à época no Nordeste de Amaralina, bairro onde nasceu. No curso, realizou apenas a parte teórica, pois o mundo já a chamava para tantas tarefas. Entre uma aula e outra já haviam reuniões, viagens, palestras e projetos do Desabafo Social, organização de comunicação e direitos humanos criada por ela. A parte prática ela fez mesmo na militância. Entre a formação e a atuação política ela seguiu adiante. E de educanda virou colaboradora e parceira da organização: “A CIPÓ forma bons profissionais, esses profissionais tornaram-se amigos e parceiros. Não é à toa que quando preciso de algum serviço de fotografia e afins, é a rede da CIPÓ que aciono, são os amigos que fiz que eu contrato”.

A militância, seja em direitos humanos, comunicação, business ou educação, tem como foco o empoderamento e a garantia de direitos da juventude negra. Comunicadora e digital influencer, atualmente é repórter no programa Profissão Repórter, da Rede Globo. Empreendedora, fundou a loja virtual Kumasi – que reúne e apoia várias marcas de empreendedorxs negrxs. Recentemente, criou a Evelle Consultoria, empresa que atua na área de marketing e inovação.

Militante em Direitos Humanos, atua no Conselho Consultivo do U-Report Brasilt, plataforma de participação política de adolescentes e jovens do UNICEF, além de assumir tantas outras bandeiras pela vida e demais direitos da juventude negra.

Modesta, sobre o futuro ela diz que apenas espera continuar o que já faz: “Nem todas pessoas trabalham com aquilo que gostam. Eu tive a felicidade de descobrir muito cedo o que gostava de fazer e viver disso”. A gente sabe que Monique Evelle vai seguir, levando consigo muitas e muitos. Veja alguns registros dos seus trabalhos:

Monique Evelle em palestra para evento da iniciativa global _Por um planeta 50-50 em 2030 um passo decisivo pela igualdade de gênero_, realizado pela ONU Mulheres Monique Evelle palestrante no TEDx (2016) Monique Evelle com a cantora Tássia Reis  Monique Evelle em atuação no programa Profissão Repórter Monique Evelle em entrevista para a apresentadora baiana Rita BatistaMonique Evelle em ação para o Criança Esperança