Quarta da Mídia Jovem – Priscila Fulô

A Fotógrafa Priscila Fulô gosta de narrar histórias de vida. Moradora do Centro Histórico de Salvador, filha de artista plástica e irmã de atriz, Priscila cresceu num ambiente de múltiplas influências artísticas. Entre tantas possibilidades, dividida entre as diversas escolhas que a arte e a fotografia lhe traziam,  percebeu que as duas coisas podiam andar juntas.

Aos 17 anos  integrou o Projeto Pelourinho Digital, realizado pela CIPÓ, onde participou de um mapeamento cultural do centro histórico, identificando seus personagens e artistas locais. O resultado gerou a coletânea Olha aí o Pelô, trabalho que despertou sua paixão pela fotografia de rua. “Foi um desafio sair do óbvio e enxergar o Pelourinho de outra forma. Conheci os lugares através da vivência de outras pessoas. Vejo o quanto eu fui mudando o olhar”.

O olhar também foi mudando para os projetos de vida. Durante a formação, encontrou apoio emocional e afetivo para fazer escolhas. “Os educadores me ajudaram a acreditar em mim, na potência que eu tinha, para encontrar o que eu queria”. O Bacharelado Interdisciplinar em Artes, na UFBA, foi o encontro certeiro. No BI estudou cinema e audiovisual, conheceu a fotografia sob outra ótica, adotou a filmagem como uma nova linguagem e foi juntando tudo isso com as experiências que já tinha adquirido. Se tornou fotógrafa profissional, fotógrafa de teatro e iluminadora cênica.

Cartografando Afetos é o seu mais novo trabalho autoral, realizado em parceria com a irmã, a atriz Mônica Santana, sobre afetividade e memórias de mulheres negras. O projeto é composto por um documentário, fotografias lambe-lambe e debates sobre o tema, além do belo espetáculo Sobretudo Amor. “Gosto de registrar as expressões, os sentimentos das pessoas”.

Nos planos para o futuro, Priscila quer seguir contando narrativas de vida de mulheres negras, desta vez na linguagem fotográfica. Certamente serão registradas com muitas cores, imagens vibrantes e cheias de vida, sob as influências estéticas do centro histórico, que perpassam o seu exuberante trabalho.

 

 

Foto de Priscila Fulô Foto de Priscila Fulô (2)Cartografando Afetos - Projeto autoral de Priscila Fulô  Foto de Priscila Fulô (3)

 

Foto de Priscila Fulô (4)Foto de Priscila Fulô para o seu projeto autoral Sobretudo Amor

 

Foto de Priscila Fulô para o seu projeto autoral Sobretudo Amor (2)